Passar a virada à beira mar requer certos cuidados | Réveillon Salvador 2017

Notícias

Fique por dentro de tudo que vai acontecer na maior festa de fim de ano do Brasil.

30 de dezembro, 2017

Passar a virada à beira mar requer certos cuidados

Já é um ritual para muitos passar a virada de ano com os pés à beira mar, de preferência pulando as sete ondas, medida que garante um ano bom e de sorte a quem cumpre a tradição. Só que após algumas latinhas de cerveja, realizar o ritual requer certos cuidados para que o ano comece na mais perfeita tranquilidade, já que ninguém quer ser surpreendido com um salvamento bem na entrada do ano.
A Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar), que atua com 24 agentes em esquema de plantão dia e noite na praia da Boca do Rio, para os festejos do Festival Virada Salvador, recomenda que o banho de mar seja feito, no máximo, até a altura da cintura, o que garante que o banhista tenha alguma segurança. O recomendável, no entanto, é não tomar banho de mar se houver ingestão de bebida alcoólica.
O coordenador da Salvamar, João Luis, afirma que os agentes estarão prontos para qualquer eventualidade no momento da virada, mas recomenda que as dicas sejam rigorosamente seguidas para garantir que todos comecem 2018 com alegria. A Salvamar conta, inclusive, com uma moto aquática e um bote motorizado para operar em eventuais casos mais graves. Os equipamentos são um auxílio ao trabalho dos salva-vidas de plantão.