Turistas se surpreendem com estrutura do Festival Virada Salvador | Réveillon Salvador 2017

Notícias

Fique por dentro de tudo que vai acontecer na maior festa de fim de ano do Brasil.

30 de dezembro, 2017

Turistas se surpreendem com estrutura do Festival Virada Salvador

Esperar por 2018 na cidade do axé e com uma grade de shows de tirar o fôlego de qualquer mortal é certeza de um ano novo repleto de boas energias. Não à toa, a taxa de ocupação hoteleira está perto de 100%, com pouquíssimos leitos disponíveis em hotéis da cidade. Tudo isso atraiu o casal catarinense Alex Crestani e Fernanda Benício, ambos de 29 anos, que estão surpresos com a estrutura do Festival Virada Salvador.
“Muito bem organizado, já assistimos aos shows de Skank e estamos ansiosos para ver Alok e Ivete na contagem regressiva”, disse Alex, relacionando as atrações preferidas. Nem o suor e o cansaço diminuíram a animação do casal. “A energia daqui é muito boa, estamos bem contentes de termos vindo. O Réveillon está sendo maravilhoso”, destacou Fernanda.
Mesmo já conhecendo a capital baiana, a turista Fernanda Costa Correia, 19 anos, vinda de Teixeira de Freitas, escolheu o festival para receber 2018 com um grupo de amigos soteropolitanos. “Venho todos os dias, estou achando tudo maravilhoso, me divertindo demais com todos os shows. O evento está com altíssima qualidade, assim como as apresentações, não pensei que fosse tão bom”, afirmou.
Ocupação hoteleira – Segundo a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), a expectativa de ocupação hoteleira para a noite da virada é de 100% nos hotéis do entorno da festa, que deve levar aproximadamente 700 mil pessoas à orla da capital, somente na noite que antecede 2018, para aproveitar as 70 horas de música apresentadas por 29 atrações.
Do total de visitantes esperados para o verão 2017/2018, 85% corresponde à demanda interna, e os 15% restantes serão preenchidos pela chegada de estrangeiros. Dos brasileiros, 57% devem vir do interior da Bahia e 43% de outros estados, com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe. Dos turistas vindos de fora do país, a maioria vem da Argentina, Alemanha, EUA, França e Chile.